08/05/2010

Iolanda - Chico Buarque



Olho teu rosto e digo à ventania

Iolanda, Iolanda

Eternamente Iolanda.


Mãe!
Dizem que somos tão parecidas, mas vejo que somos tão diferentes;
Queria ter a Tua coragem, mas sou tão fraca, quando você não está por perto;
Queria ter Tua fé, mas tenho a fé tão pequena, creio que tua oração me guarda;
Queria ter o Teu conhecimento, vivo atracada de livros, mas tu és mais sabia do que muitos intelectuais;
Queria ter a Tua visão da vida, pois você não erra uma.Está sempre me alertando;
Queria ter o Teu coração generoso, mas tenho me esforçado;
Queria jamais ter brigado Contigo, mas infelizmente foi nestas discussões, que me encontrei.
Hoje amo ser o que sou, GRAÇAS A TI.
Minha MÃE: IOLANDA!