07/02/2011

A reforma

Era uma vez, uma casa, que não tinha quase nada;
Dormia-se todos apertados em um único quarto;
Ainda bem, que éramos pequenos;
Então dormíamos, pertinho uns dos outros;
Aquecendo-se com o calor humano;
Então fomos crescendo e o quarto também.

Daquele quarto, foi feito uma sala;
E toda casa, reformada e aumentada;
Hoje se tem muitos quartos, porém pouco calor humano;
Pois, no quarto pequeno, estávamos apertados e consolados;
Hoje, sentimos isolados e assustados;
Quando a noite acordamos em um quarto grande e arejado.