25/03/2012

Meu diário mensal de Janeiro e Fevereiro de 2012


JANEIRO

Janeiro foi um mês de emoções, pois o namoro estava firme e forte. Me entreguei a esta paixão sem medo, pois houve muitos contra e poucos a favor.
Encontrei uma pessoa, que fez me sentir amada e desejada.
Vivemos um amor de cabana, sem hora para nada, somente a certeza que o tempo era nosso e tínhamos que aproveitar cada momento.
Alugamos uma casa que não tinha nada, somente o necessário para nos sentirmos confortável um nos braços do outro.
Viajamos para Iguape e enlaçamos a promessa que ficaríamos juntos, independente do que se levantaria, confesso que não foi fácil enfrentar as situações que apareceram no caminho. Vencemos, todas.
Fui muito feliz!




FEVEREIRO 

Depois de doze anos, tomei coragem e fui atrás dos direitos do meu filho. Confesso que estou esperançosa que as coisas daqui em diante irá tomar seu percurso.
Estávamos vivendo um conto de fada, no nosso íntimo nada poderia acontecer tudo era tão perfeito.Mas por ironia do destino aconteceu e nos separamos.Ele foi trabalhar em outro estado, mas o nosso amor e promessa continuou intactos.
Fui passar uma semana na cidade aonde ele iria trabalhar, a vontade era grande em ficar com ele, infelizmente estava presa em minha cidade. O interessante é que um compreendeu o outro e houve respeito na decisões e o futuro a Deus pertence.
No feriado de Carnaval fui para Pombinhas em Santa Catarina e lá namorei e passei bastante. 
Voltei para minha cidade e trouxe comigo a certeza de breve lá retornar e viver novamente a sensação de paz e alegria.
Confesso que por todas as provas que passamos, achei que uma delas eu iria desistir de levar adiante este romance, o que me fez continuar e que o outro lado se mostrou forte para lutar e com isso me deu forças também para seguir adiante.
Temos muitas coisas a fazer e uma delas e vencer o preconceito que o amor não tem idade para acontecer.
Continuamos firmes e fortes.