07/04/2013

A mudança tem que partir de si



Acreditava que se continuasse batendo na mesma tecla a pessoa iria mudar, mas me enganava, então o relacionamento se desgastava, chegando ao fim.
No caso de uma reconciliação, é preciso reconhecer aonde errou, caso contrário continuará cometendo os mesmos erros.
Vejo o relacionamento como um investimento onde o casal tem que investir no sucesso do matrimônio.
Para resolver os problemas que vão surgindo no dia-dia, o casal precisa dialogar sempre, usando a razão em vez da emoção.
Agimos e pensamos diferentes e aceitando essas diferenças, convivemos melhor um com o outro.Assim que as diferenças são aceitas, o casal se fortalece e o amor se renova a cada dia.
Com sabedoria e com paciência, cria-se um relacionamento harmonioso e com isso um ambiente agradável.
Quando abrimos à possibilidade de dividir nossas vivências com o outro, acrescentamos em nossa bagagem novas experiências de vida.
O casamento é uma aliança de responsabilidade, onde o casal precisa zelar pelo patrimônio.
O casal tem que preparar o lar para viverem na paz e na alegria de Deus, pois quando ambos colaboram/entendem/compreendem/apoiam um ao outro o casamento tem tudo para dar certo.