13/12/2014

O Estranho em Mim


Filme: O estranho em mim
Das Fremde in mir
Gênero: Drama
Ano de lançamento: 2008
Duração: 99 minutos
Classificação: 14 anos
País de origem: Alemanha
Direção: Emily Atef


Sinopse: Um jovem casal apaixonado, Rebecca, 32 anos, e seu namorado Julian, 34, está ansiosamente esperando seu primeiro filho. O mundo deles parece perfeito quando Rebecca dá à luz a um menino saudável. Mas ao invés do amor incondicional que esperava sentir, ela se vê imersa num redemoinho de sensações de impotência e desespero. Seu próprio filho lhe parece um estranho. Com o passar dos dias, fica cada vez mais aparente sua inabilidade para cumprir com as obrigações maternas. Incapaz de admitir seus sentimentos para alguém, nem mesmo para Julian, ela desce ao fundo do poço, a ponto de perceber que está se tornando uma ameaça à criança. Depois de um ataque de nervos, Rebecca é mandada para uma clínica. Lentamente, ela começa a desejar o toque, o cheiro e a risada de seu filho. Talvez um despertar da mãe que há dentro dela.

















Pensamento: 
Achei o filme muito bom. 
Tocou num assunto bem delicado, quem teve depressão pós-parto, sensibilizou com Rebecca, ela interpretou muito bem o papel.
Eu tive depressão pós e pré, sei o que estou escrevendo, claro, que num nível moderado. Mas, é isso mesmo, ficamos péssimas, Graças a Deus, é uma questão de tempo e raramente as pessoas próximas reconhecem,até quem passa tem dificuldade de reconhecer, pois, é algo que nos envergonha, sabemos o quanto aquele ser indefesso precisa de nós, temos medo de não dar conta, de não amar o quanto ele necessita.
É um tema bem delicado, porém, fico feliz em saber que superei essa fase e hoje sou completamente apaixonada por meu abençoado filho.
Nota: 8,0 - Bom- 13/12/2014 ás 22hs:14mim