14/08/2011

Minha semana (08/08/11 à 14/08/11)

08/08 (segunda-feira) começa a semana e eu sem pique nenhum.Trabalhar de domingo é começar uma segunda agitada, não é para qualquer mortal.
No curso estou começando um namoro com os números, temos as nossas desavenças.
09/08 (terça-feira) o Felipe estará bem atarefado daqui para frente, agora irá fazer fono, terapia, aulas de reforços e natação.Ufa!
Fui buscá-lo na aula de reforço e ele estava feliz pela nota de "Parabéns!!!"Isto o incentiva tanto.
10/08 (quarta-feira) fui à terapia e conversei sobre as mudanças futuras na empresa.Mudança se der certo, favorecerá á todos os funcionários.
Uma coisa é certa não posso abrir mão dos meus objetivos, só porque algo irá mudar no meio do caminho, tenho que ter um objetivo fixo e ir até o fim, independente dos resultados.Uma coisa é certa, quero ter realizações, quero ser Feliz!!!
Li o livro "Uma vida interrompida" da autora Alice Sebold. Gostei muito.
11/08 (quinta-feira) busquei o Felipe no reforço, que ficaram todas as terças e quintas e acertei o dia da natação.Vamos ver até onde nosso organismo aguenta.Sei que é para o bem dele, então, valerá à pena a correria.
12/08 (sexta-feira) Fui á biblioteca à noite e retirei um livro ilustrativo para o Felipe, referente ao filme "Alice no país da Maravilhas", trouxe para que possamos ter uma referência quando assistirmos ao filme.
O mesmo aconteceu com o filme "Um olhar do paraíso” lendo o livro tive uma visão mais ampla.
13/08 (sábado) não via a hora de ver a Flor do Jardim, cheguei do trabalho e ela estava lá, sorridente, linda e feliz em me ver.
Brinquei de jogar coisas para o alto, ela ria, pulava e não parava de pedir e quanto mais eu jogava, mais ela queria.Cheguei a me cansar, tanto que nem vi o sono chegar.
O Felipe por tanta insistência, conseguiu o brinquedo Beyblade, a febre do momento.Objeto sem graça e um precinho mais sem graça ainda.
14/08 (domingo) não vi a Flor ir embora, mas fiquei contente em saber que ela teve um domingo cheio de novidades.
Estou com o corpo todo moído, devido à troca de check-up no trabalho.Totalmente desproporcional.
Enfim, mais um motivo para ir atrás dos meus sonhos.