04/08/2016

Diário Mensal de Fevereiro a Julho de 2016

Andei meio ocupada para fazer os resumos dos meus diários mensais, pois tenho focado na organização da coisas da minha vida: como a vida pessoal, familiar, relacionamento, material e principalmente espiritual.
Mas quero voltar a fazer esse resumo, acho interessante, voltar ao tempo e reler fatos da minha vida, ver o que aconteceu, como progredi, enfim, esse é um espaço em que tenho depositado os meus pensamentos, onde quero que ele saia da minha mente e transporte para esse espaço que criei com esse objetivo, lembrar quando não mais tiver condições de lembrar, pois sei que vou envelhecer e um dos proposito desse Blog é saber que ele vai me dar condições de vivenciar tudo o que o tempo não poderá me trazer de volta.

Vou fazer um resumo bem básico dos fatos que marcaram a cada mês, á partir de Agosto, vou voltar a detalhar no meu diário de mão e transpassar resumidamente para o Blog.

Então vamos lá:

Fevereiro: 

Estava bem insatisfeita no meu trabalho, isso estava afetando a minha saúde, então, pedi para o meu superior (uma pessoa que maravilhosa, que sempre me deu total liberdade para conversar) me demitir, já tinha ido várias vezes no departamento pessoal é sempre era a mesma conversa, que não estava demitindo ninguém, mas fora dali, a realidade era outra.
Desde de 2010 estava convencida a sair, mas nunca dava certo, uma hora a empresa voltava atrás e outra hora estava tão confusa, que acabava era eu voltando atrás, confesso, amava estar ali com meus colegas, era uma equipe unida, mas de uns meses antes de sair, com a mudança dos donos, a maioria trabalhava sobre uma pressão tão grande que tínhamos medo até de virar o pescoço, coisa horrível, fora que estava com uma infecção  urinária contínua, difícil de curar é para ir ao banheiro era uma tortura, confesso minha saúde é tudo, cheguei no meu limite, pois não tem coisa pior que ficar implorando para ir ao banheiro e ouvir a seguinte frase "Espera a sua colega voltar e você saber que a pessoa só vai voltar depois de 10...15 minutos, brincadeira.
Graças a Deus e por muita fé sai no dia 28/02/2016, foi muito bizarro a minha saída, primeiro cheguei para o café da manhã e como de costume fui ver a escala de domingo e meu nome não estava lá, desci para falar com meu superior, ele deu uma desculpa que esqueceu, simplesmente acreditei, fui para meu posto, como iria sair de férias no dia 01/03 é na segunda-feira estaria de folga, perguntei se podia assinar minhas férias, a fiscal disse que iria chamar uma por uma para assinar, acho que demorou menos de uma hora é então fui comunicada a ir falar com o RH, juro que foi uma surpresa, fui convicta a assinar as férias e assinei minha demissão, que surpresa boa, fiquei em estado de alegria, agradeci meu superior, tenho certeza que ele entendeu os motivos de querer tanto ser demitida. É claro que essa crise toda me deixou preocupada, como sou uma pessoa de fé, acredito que "Jesus é meu
Pastor, nada me faltará.



Março

Estava ciente da demora do burocrática da demissão, em meados de Março fui passar uma semana em Curitiba na casa do meu noivo, que estava lá para trabalho, foi muito bom, conheci a cidade mais detalhadamente, a filha dele ficou com a gente alguns dias, fui uma experiência nova que precisava viver e saber que temos muitas diferenças e também muito amor e vontade de estarmos juntos e trabalhar as picuinhas que todo casal vive no começo de um casamento.
Minha intenção era ficar uns 15 dias é acabei ficando uma semana, a saudade do Felipe, estava doendo muito, confesso, que estar compartilhando esses momentos longe do meu filho, não me deixava 100 % feliz.



ABRIL

No dia 23/04 minha mãe foi viajar para Ilha Comprida. fiquei com o Felipe, aproveitei e fui ao supermercado comprar umas comidinhas práticas e chegando, encontro meu irmão e família e passamos a hora do almoço conversando e comendo muitas batatas-fritas.
A tarde comecei a sentir uma leve dor de cabeça, tomei um analgésico e continuei, dormi bem. Quando foi umas 11 horas da manhã do domingo, comecei a ficar com o corpo mole, mesmo assim, dei uma limpeza básica na casa e fiz o almoço, mas não consegui almoçar, deitei e não conseguia sair da cama, estava suando e tremendo de frio ao mesmo tempo e sentia muita dor na cabeça, na clavícula e principalmente no abdômen, o Felipe ficou super preocupado, peguei o termômetro e estava com 39º de febre, tomei banho para abaixar e ficava oscilando entre 38 º, 39 º e 40 º, estava com medo de ter uma convulsão, mas não queria ir á um SUS da vida, pois sabia que eles não iria ir no foco do assunto, chegou segunda-feira, paguei a consulta com o urologista que estava tratando a minha infecção de urina, cheguei lá pela misericórdia de Deus, pois não conseguia nem andar e ele me encaminhou para ser internada imediatamente, sem deixar eu vir para casa, para pegar meus pertences e deixar o Felipe bem, a sensação era que se não me internasse naquele momento, iria morrer, fiquei assustadíssima, então, liguei para minha irmã, ela ligou para o médico de confiança, fui imediatamente para sua clínica, onde ele passou uma bateria de exames e me medicou, tomando a dose do remédio, tudo homeopático, a febre foi abaixando e a dor diminuindo, como os exames foi pedido com emergência, no outro dia, levei até ele e foi diagnosticado que estava com infecção no sangue e na uretra.
O tratamento homeopático é um pouco demorado, porém menos agressivo para o meu organismo.
Nesses anos que tive infecção urinária tomei muito antibióticos e isso estava me preocupando muito, pois sei o quanto eles são maléficos para o organismo. Curei da infecção do sangue e a da uretra estou em tratamento, logo...logo estarei curada.


Maio

Fiz 40 anos é confesso que me sinto como estivesse 25 anos, não fisicamente, que também não me vejo com a idade que estou, pois é assim que me sinto, com 25 anos, que culpa tenho se a minha mente e o meu espirito não seguiu a minha idade cronológica.


Junho

Tenho sentido muita saudade da "Flor do meu Jardim", principalmente por ser aniversário dela, quando alguém que amamos não está perto, não temos notícias, parte da gente morre, é parte de mim morreu quando deixaram de dar notícias dela, pela fé que tenho na palavra de Deus, logo ressuscitarei e voltarei a dormir melhor, pois a noite acordo pensando:" Se ela está bem, se está com frio, se alimentando...sei que está com saudade de nós. Saudades!!!



Julho

A "Luz do Sol" fez 2 aninhos, fizemos uma festinha, sem a Flor é tudo tão incompleto, nessas horas a saudade aperta que chega a doer o coração.
Sei que breve, ela estará entre nós, que Deus colocará tudo no seu devido lugar e vou ler isso e pensar: "Graças a Deus, acabou!!! Só alegria e paz!"
O Felipe não quis sair para canto nenhum nas férias, ficamos na Netflix, assistindo seriados e vários filmes está na fase da adolescência, mesmo assim, empurrava ele a ir fazer um programa comigo, mas com uma condição, nada de tirar foto e nem pedir para ele tirar, deixava a máquina em casa, para não estressá-lo e também não me frustar.



Enfim, esse foi o meu resumo, nada de extraordinário, mas essa é a minha vida, claro que queria escrever, que fiz uma viagem para o Canadá, comprei um monte de coisas bacanas, mas seria tudo mentira é uma coisa que não sou é mentirosa.